Enfim, uma dupla de ataque

Faz algumas semanas, publiquei um texto falando que, na falta de atacantes, Marquinhos, que nunca foi um goleador, tornou-se artilheiro do Avaí em 2013. Curiosamente, desde então – quatro jogos – o Galego não fez mais nenhum gol.

Mas isso não é ruim. Em quatro partidas em que Marquinhos não fez gol, o Avaí marcou, em média, duas vezes por jogo, contra 1,37 gol por jogo das oito rodadas anteriores. O aproveitamento de pontos também melhorou, passando de 37,5% nos primeiros oito confrontos para 56,6% nos últimos quatro.

Marquinhos voltou a fazer o que faz melhor: armar jogadas e dar passes para gol. Participou dos dois gols contra a Chapecoense e do primeiro contra o Criciúma.  Se antes ele tinha que bater escanteio e caebecear, agora tem a parceria de dois atacantes que estão mostrando bom nível.

Reis e Roberson são até o momento boas surpresas no Avaí. Longe de serem brilhantes, mostram ter pelo menos cacoete de atacante, coisa que não víamos desde… hmmm… acho que Felipe Alves nas rodadas finais do Catarinense 2012. Reis mais brigador, Roberson mais técnico, estão mostrando que podem se completar. E recebendo bolas mamão-com-açúcar do Marquinhos, tudo fica mais fácil.

Anúncios

0 Responses to “Enfim, uma dupla de ataque”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Seja sócio

Divirta-se com amigos

No Twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.


%d blogueiros gostam disto: