A base vai bem

Enquanto não aparece uma parceria pra nos salvar da pindaíba, mesmo um ano após o maior orçamento da história, o Avaí vai em 2013 apostar nas suas categorias de base – pelo menos é esse o discurso oficial. E meno male que a base avaiana vai muito bem, obrigado. Os resultados são ótimos, como o mais recente, do Brasileiro Sub-20, competição em que chegamos às quartas-de-final.

Pra mim, base não é pra ganhar título, mas pra formar jogador pro time principal. Se não ganhar nada mas revelar atletas pro time de cima todo ano, cumpriu sua missão. Mas, é claro, as conquistas e boas campanhas na base são um indicativo de que um bom trabalho está sendo feito. E me parece que é isso que está acontecendo no Avaí.

Em 2012, o Avaí conquistou o campeonato estadual juvenil, o bicampeonato estadual infantil e o bicampeonato citadino infantil. No citadino juvenil, foi vice-campeão. No estadual júnior, foi semifinalista. Resultados que não renderam taças, mas nem por isso foram ruins.

Na Copa São Paulo não fomos bem. Ficamos na primeira fase, com dois pontos em um grupo que tinha América (MG), Audax (SP) e 7 de Setembro (MS). Na Copa do Brasil Sub-20, uma eliminação normal na primeira fase para o Corinthians, apesar de uma derrota por 4×0, mas, ok, normal. E no Campeonato Brasileiro Sub-20, fizemos a melhor campanha da história de Santa Catarina nessa competição. Classificamo-nos em primeiro num grupo que tinha também Fluminense, Grêmio, Atlético Mineiro e Portuguesa e caímos nas quartas, por 1×0, para o Coritiba. Campanha muito positiva.

Esses bons resultados no geral nos dão a esperança de dias melhores para o Leão. Se vai faltar grana para contratar, pelo menos parece que vai vir uma boa gurizada. O clube tem que saber lançá-los, e a torcida, ser paciente com os guris. Eles vão tropeçar na bola, rabar, posiconar-se errado. É normal nos primeiros jogos. Profissional é diferente de categoria de base. E desvalorizar o jogador da nossa base é desvalorizar o próprio patrimônio do clube.

Além dos resultados dentro de campo, a filosofia da categoria de base – lembrando que vejo tudo de fora, como torcedor – parece ser muito bacana. Lembro que numa conversa em reunião do Conselho Deliberativo, o coordenador das categorias de base do Avaí, Diogo Fernandes, falou sobre como era desenvolvido o trabalho.

Além da metodologia que ele explicou – como o trabalho com grupos menores e sem aquela de chegar jogador a toda hora, indicado por Fulano ou Sicrano -, achei extremamente positivo o fato de o Avaí firmar parceria com a prefeitura de Florianópolis para oferecer aos guris ensino fundamental por meio da Educação de Jovens e Adultos (EJA) e adotar a prática de a assinatura do primeiro contrato ser feita numa espécie de “apresentação à imprensa”. Acho que isso humaniza e valoriza o tratamento dado ao jogador da base.

A educação é importantíssima, já que nem todos serão atletas profissionais. Quanto à assinatura, é mais ou menos como formatura de curso de qualificação profissional com cerimônia, família presente, fotógrafo etc. Tem gente que acha bobagem, mas é um momento às vezes único na vida do formando e que ele vai guardar pra sempre. E não é porque ele não teve como cursar o ensino superior que não tem direito a viver um momento como esse. Do mesmo modo, a assinatura do primeiro contrato profissional é um momento importante na vida de um jogador (e de todos nós, não foi?) e é bem melhor ser feita assim que num gabinete fechado. Pelo menos eu acho.

Que os bons ventos continuem a soprar na base avaiana. O clube só tem a ganhar com isso.

Anúncios

0 Responses to “A base vai bem”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Seja sócio

Divirta-se com amigos

No Twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.


%d blogueiros gostam disto: