Arquivo de setembro \24\UTC 2012

Artilheiros e garçons

Principais artilheiros do Avaí em 2012

15 gols – Cléber Santana

11 gols – Felipe Alves*

7 gols – Pirão**

 

Principais garçons do Avaí em 2012

5 passes para gol – Robinho

4 passes para gol – Arlan

3 passes para gol – Cléber Santana

 

*Seis de direita, quatro de canhota (engana bem, mas é destro) e um de cabeça. Abraço, Argel!

**Dos sete, três foram de cabeça, o “recorde” do Avaí no ano. Outro abraço, Argel!

Os números do Maria

Os resultados que “derrubaram” o Maria:

– 33 jogos

– 17 vitórias

– 6 empates

– 10 derrotas

– 57,57% de aproveitamento (comparando: igual ao do Atlético-PR, quinto na B)

– 51 gols marcados

– 36 gols sofridos

– 1 título estadual

– 2 vitórias e 1 empate em clássicos (sendo dois clássicos no Scarpelli), com 7 gols marcados e 3 sofridos

– Maior vitória: 6×1 contra o Marcílio Dias

– Maior derrota: 2×0 para Vitória, Criciúma, Goiás e CRB

– Maior invencibilidade: 10 jogos

– Maior sequência sem vitórias: 3 jogos (duas vezes)

 

Acho que Hémerson acertou muito, errou às vezes, mas os resultados na Série B são condizentes com a qualidade do time e seu traballho era muito bom.

Argel, o novo treinador, vai ter que trabalhar sem Patric, Renato Santos, Leandro Silva, Cléber Santana e Robinho do time que foi campeão estadual – metade da equipe. Haja imaginação pra montar um time competitivo.

E o pobre coitado não tem culpa da saída do Maria, por isso não vejo sentido nenhum em gritos e campanha de “Fora Argel”.

Tomara que ele consiga fazer um bom trabalho e some os nove pontos que precisamos pra não cair. O que vir daí em diante, é lucro.

Aproveito o post pra mandar um beijo pra Alice, minha leitora assídua.

Mais um que se vai

Em 10 anos, 30 trocas de treinadores. Média de três professô por ano ou um a cada quatro meses. Somente Silas começou e terminou a mesma temporada no clube.

É sempre o caminho mais fácil responsabilizar o treinador pela incompetência e falta de resultados. Isso não só no Avaí, claro.

Agora, dizer que Hémerson Maria saiu por causa dos “resultado na Série B”? Ah vá… Nascemos ontem, nós todos. Perderam mesmo a vergonha.

Os nomes abaixo peguei da lista de jogos do livro Avaí Futebol Clube: de 1923 a 2008 e atualizei a partir de 2008. Se houve algum erro, aponte que, se eu errei, corrigirei. Se o erro não foi meu, favor reclamar na Ressacada porque esse é o “livro oficial” do Avaí, embora tenha erros a dar com pau (pelo livro, por exemplo, o Avaí nunca ganhou a Copa SC de 1995, já que a final não aparece na lista de jogos).

Treinadores a partir de 2002

1)      Flamarion Nunes

2)      Júlio Spinosa

3)      Adílson Batista

4)      Roberto Cavalo

5)      Lula Pereira

6)      Play Freitas

7)      Jair Pereira

8)      Abel Ribeiro

9)      Marcos Paquetá

10)   Roberto Cavalo (2ª passagem)

11)   José Galli Neto

12)   Márcio Araújo

13)   Casemiro Mior

14)   Vágner Benazzi

15)   Dorival Júnior

16)   Edson Gaúcho

17)   Josué Teixeira

18)   Sergio Ramírez

19)   Zé Teodoro

20)   Alfredo Sampaio

21)   Sergio Ramírez (2ª passagem)

22)   Silas

23)   Péricles Chamusca

24)   Antônio Lopes

25)   Vágner Benazzi (2ª passagem)

26)   Silas (2ª passagem)

27)   Alexandre Gallo

28)   Toninho Cecílio

29)   Mauro Ovelha

30)   Hémerson Maria

31)   Argel Fucks

Eu tenho pena dele…

Te vira, Maria!

Os piores atacantes do mundo

Artilheiros e garçons

Principais artilheiros do Avaí em 2012

13 gols – Cléber Santana

11 gols – Felipe Alves

6 gols – Pirão

Principais garçons do Avaí em 2012

5 passes para gol – Robinho

4 passes para gol – Arlan

3 passes para gol – Cléber Santana

Devagar, devagarinho

Galera, sendo rápido e rasteiro, informo que não vou parar, mas vou diminuir o ritmo de postagens no blogue. O motivo é simples e nada tem a ver com desanimar do Avaí, longe disso: é pura falta de tempo. Por mais que me organize, acabei assumindo várias atividades que não me permitirão dedicar a atenção necessária para manter a qualidade das postagens.

Um blogue é pra gente se divertir, extravasar e não pode ser um fardo, uma obrigação de ter que atualizar todo dia, toda hora. Não ganho dinheiro com isso, não dependo disso pra viver, é apenas um meio para falar de uma de nossas paixões (minha e de quem frequenta esse espaço, ou seja, meu pai, minha mãe e mais alguns gatos-pingados), que é o Avaí, e poder discutir com vocês as coisas do nosso clube.

Sempre que tiver alguma coisa legal a dizer, escreverei aqui, mas não diariamente. Vocês vão ficar sabendo das atualizacões pelo Twitter (quem tiver, claro) ou por um sinal de fumaça vindo das imediações do Morro da Boavista, no Sacolemõx.

Sobre o jogo contra o América-RN, o que tenho a dizer é o de sempre: mais uma vez, não ganhamos de um rival pelo acesso e nosso ataque, vejam só, não fez gol de novo (foram dois meio-campistas que marcaram). Acho que compramos Jesus e nos mandaram Inri Cristo. Só pode.

Até mais, queridos. Abraços.