A melhor

Foi a melhor partida do Avaí na Série B. Com uma escalação curiosa, com dois volantes nas laterais e dois laterais nas pontas, o Leão foi melhor o tempo todo que o ex-líder do campeonato e forte candidato ao acesso.

Já falei aqui sobre jogadores versáteis e sua importância na formação de um elenco.  Na sexta, Hemerson Maria pôde aproveitar a capacidade de alguns de seus jogadores de atuar em mais de uma posição para montar uma equipe extremamente competitiva. Na falta de atacantes mais eficientes ou em melhor fase, foi de Patric e Julinho como meias-atacantes nesse 4-5-1 nada defensivo. Se faltam peças de qualidade em maior quantidade, pelo menos Hemerson tem à disposição esses jogadores que podem desempenhar diferentes funções.

Outro destaque da vitória contra o time mineiro foi o autor do segundo gol. Diogo Acosta, que lembra fisicamente Tico, o centroavante de 2004, movimenta-se mais que Nunes e, melhor, faz até gol! Falta resolver ainda o isolamento que sofre todo camisa 9 avaiano. Ainda falta os meias aproximarem-se mais do solitário camisa 9.

Vitória pra dar moral, pra mostrar que o Avaí pode brigar pelo acesso e, tomara, para embalar. Agora são dois jogos fora de casa, contra Guaratinguetá e Vitória. Fico feliz se três pontinhos virem.

Anúncios

0 Responses to “A melhor”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Seja sócio

Divirta-se com amigos

No Twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.


%d blogueiros gostam disto: